Complexo industrial da Sulfabril é arrematada por R$ 34,3 milhões

sexta-feira 07/12/2018 por

O segundo leilão on-line e presencial da Sulfabril ocorreu nesta quinta-feira (6/12) à tarde no salão do júri da comarca de Blumenau e encerrou com a venda dos últimos dois Lotes da massa falida da indústria têxtil blumenauense. Quem deu o maior lance do dia durante o leilão foi o diretor financeiro da empresa Tex Cotton, de Blumenau (SC), Ricardo Lira.

Ele representou o empresário Sérgio Ferrari durante os lances que findaram na compra do Lote 2 da Sulfabril, avaliado em R$ 41.256.481,42, com lance inicial de R$ 20.630.000,00 e arrematado por R$ 34.350.000,00 à vista. A compra corresponde ao complexo industrial, com 27 terrenos e área total de 71,2 mil metros quadrados.

A disputa do lote principal foi bastante acirrada. No total, o leiloeiro oficial Daniel Elias Garcia recebeu 114 lances, on-line e presenciais, de pessoas interessados em adquirir o imóvel. O vencedor da disputa, o representante da Tex Cotton, falou brevemente sobre o futuro do imóvel. Segundo ele, a intenção é retomar o quanto antes a atividade têxtil na propriedade arrematada.

A Tex Cotton também adquiriu o Lote 3 avaliado em R$ 2.840.523,33 e com lance inicial de R$ 1.420.500,00. O terreno localizado na Rua Itapema, no bairro Vorstadt, com área de 35,5 mil metros quadrados foi arrematado na tarde desta quinta-feira por R$ 1.480.500,00 à vista.

A juíza Quitéria Tamanini Vieira Péres, titular da 1ª Vara Cível de Blumenau explica que os valores arrecadados serão destinados prioritariamente ao pagamento de processos trabalhistas. No primeiro dia do leilão da Sulfabril de 2018, ocorrido em 23 de novembro, o Lote 4, avaliado em R$ 2.086.451,10, foi arrematado pelo mesmo empresário. A compra referente ao terreno com área de 3.350,33 metros quadrados, com edificação em área de 1.515,11 metros quadrados, foi feita por R$ 2.420.000, com 10% de entrada e saldo em 24 vezes.

Fonte: TJSC

Anterior:

Sexta-feira será ensolarada e de tempo instável em parte de Santa Catarina

Proximo:

Anatel: celulares ‘piratas’ serão bloqueados em Santa Catarina

Você pode gostar

Post a new comment