Governador confirma repasse para os hospitais esse mês

0

Moisés recebeu representantes dos hospitais filantrópicos em audiência na quarta-feira

Os hospitais filantrópicos de Santa Catarina vão receber os R$ 180 milhões correspondentes aos 10% do Fundo de Saúde. A confirmação foi do governador Carlos Moisés da Silva durante audiência na quarta-feira (12), em Florianópolis, com representantes das três entidades. Os valores que cada um receberá serão anunciados já na terça-feira (18).  Os valores começarão a ser repassados ainda em junho e representam um aumento de R$ 134 milhões em relação ao montante transferido no ano passado, que totalizou R$ 46 milhões. A expectativa é que a Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí, gestora do Hospital Regional de Rio do Sul seja contemplada com cerca de R$ 7 milhões.

De acordo com o governador, a nova política hospitalar catarinense segue em elaboração e garantirá critérios técnicos para os repasses a partir de 2020. Já no próximo ano, a expectativa é que o total repassado seja de até R$ 300 milhões. Na avaliação de Moisés, trata-se da criação de uma política de Estado para a saúde. “Os hospitais filantrópicos são parceiros do Estado. Eles exercem um papel fundamental na entrega da saúde aos cidadãos”, acrescentou. Para o deputado estadual José Milton Scheffer, responsável por intermediar a audiência o acordo significa um avanço em termos de relacionamento para a criação de uma politica pública de saúde.

O presidente da Fusavi, Giovani Nascimento, na semana passada o governador pegou todos os hospitais de surpresa ao ingressar com a Ação Direta de Inconstitucionalidade para não repassar o dinheiro do Fundo de Investimento na Saúde. “Nesta audiência só não assegurou o repasse ainda esse mês, assim como a previsão de R$ 300 milhões para o próximo ano, a partir da criação da nova política pública de saúde”. “Com isso quem ganha não são apenas os hospitais, mas toda a população catarinense”, complementou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here